Talk:Wikimedia Brasil/Projetos/WikiBrasil/2008

Active discussions

Wikibrasil.png

File-manager.png
Esta é uma página de arquivo dos Mutirões pelo Conhecimento Livre

Por favor, não altere altere essa página. Caso queira expressar alguma opinião, vá a Central de discussões. Obrigado.

Mutirões pelo Conhecimento Livre/Projetos/WikiBrasil/2008Edit

idéia inicialEdit

Jimmy Wales topou antecipar para o dia 9 de novembro (domingo) a sua chegada ao Brasil com o objetivo de participar como debatedor de um dia Wiki. A idéia é discutir com outros palestrantes, em um seminário aberto e gratuito, alternativas para a produção colaborativa de conhecimento gratuito no Brasil.

Os debatedores poderiam ser:

Gilson Schwartz sugeriu que este encontro poderia ocorrer no campus da USP e ser retransmitido em tempo real no Second Life pelo auditório da Cidade do Conhecimento.

TSB 02:44, 16 September 2008 (UTC)

Comentário de Laura TrescaEdit

(texto extraido da página do projeto da visita de Jimmy Wales ao Brasil)

Eu sinto falta de propor que Jimmy Wales se encontre presencialmente com usuários finais, aqueles que o Instituto quer atingir. Não são necessariamente aqueles que fazem parte da comunidade da wikimedia do Brasil ou sejam coordenadores de organizações parceiras, mas pessoas que consultem a Wikipedia e possam até dar conselhos de quais projetos seriam importantes encampar ou fazer sugestões de melhorias da plataforma atual. Poderia ser um bate-papo presencial, estilo "Altas Horas". Que tal?

Para viabilizar a idéia, avalio que teríamos que:

  1. Providenciar um local em que poderíamos colocar almofadas e pufs.
  2. Dimensionar quantas pessoas poderiam entrar no local.
  3. Criar critérios de participação (sorteio, ordem de inscrição, perfil, e-mail de intenção).
  4. Estabelecer e divulgar a dinâmica do encontro (cada pessoa poderá fazer uma única intervenção, de no máx um min, faremos blocos de 3 pessoas para que ele possa dialogar).
  5. Convidar usuários finais para se inscreverem para o encontro (penso que poderíamos usar o mailing do Observatório Nacional de Inclusão Digital, por exemplo).

O que vocês acham?

Laura Tresca 18:58, 13 September 2008 (UTC)

"Dia Wiki - Vida Wiki" Sugestão de Raquel QuintinoEdit

Proponho que o eventro seja o ENCONTRO de pessoas que estejam ou queiram mobilizar ações colaborativas.

Após o evento construiremos uma AGENDA que serão marco de atitudes wiki, como por exemplo grupos compartilhando conhecimento sobre comunicação livre, outros sobre medicina alternativa, outros sobre construção de instrumentos musicais, etc.

Este primeiro encontro pode ter o formato ao estilo altas horas como a Laura propõe, mas acho que todo mundo deveria ter o mesmo tempo para falar.

Então todos os inscritos no encontro podem ter um espaço de 3 a 5 minutos para COMPARTILHAR O QUE SABE E O QUE GOSTARIA DE SABER para ter uma vida wiki, atitudes colaborativas.

Outra idéia maluca seria fazermos um JOGO de como seria um mundo wiki, não consegui elaborar exatamente como seria esse jogo, essa brincadeira, mas imagino uma SIMULAÇÃO de nossa vidas se pudéssemos levar e provocar posturas colaborativas inspiradas na Wikipédia para o dia-a dia.

Viajei demais? Raquel Quintino 18:11, 19 September 2008 (UTC)

HiperEncontroEdit

Raquel, você também comentou sobre a possibilidade de um "debate não linear, tipo hipertexto". Alguém começa a falar sobre wiki e, ao longo do raciocínio, menciona outro assunto, como por exemplo licenças livres. Se alguém tiver interesse em fazer um comentário poderá pedir a palavra e intervir. E assim suscessivamente de maneira não linear até o término do Encontro.

Pessoalmente, achei essa sua idéia muito boa, especialmente porque estaria completamente dentro da dinâmica colaborativa das wikis, onde todos podem se manifestar livremente e sem hierarquias com o objetivo de construir colaborativamente conhecimento sobre um determinado assunto.

Assim, poderíamos propor um ENCONTRO no domingo, 9 de Novembro, com a presença garantida de alguns convidados, como Jimmy Wales e outros. Este encontro deverá ser gratuito e aberto a todos os interessados em discutir o tema: produção colaborativa de conhecimento livre no Brasil (ou pccl.br).

Consigo imaginar essa dinâmica em um ambiente aberto e horizontal com microfones espalhados aleatoriamente pelo espaço. Poderia ser na USP, como proposto por Gilson Schwartz, ou em qualquer outro local. Alguma sugestão?

TSB 17:45, 19 September 2008 (UTC)

Uma visãoEdit

Bom, acho que o projeto tem que ser um all logo para ter suporte dos nomes das organizações, mas também ter que ser no logo, ninguém deve se "apoderar" do dia, então encontro do PCC, encontro do PCC facção livre, provoca e ninguém ficaria com a imagem, contrapondo ao nome, dia Wiki. Podemos utilizar algum meio para divulgar em universidades, escolas e cursos pré-vestibulares, pois esse público é o mais acessível a esse assunto, com motivação ao aprendizado. Os locais, até o presente foi levantado alguns locais USP, Parque Ibirapuera e Centro Cultural São Paulo.

USP, a dificuldade é chegar até lá. Ser algo ligado acadêmico, também pode ser que iniba um pouco.
Parque, temos que verificar a disponibilidade do local, mas se o auditório com a possibilidade de abertura para o gramado, cria um clima mais descontraído e com maiores possibilidade de discussão e agregar público e possibilita que usuários que queiram se manter anônimos consigam manter-se assim.
CCSP, gera um ambiente mais pessoal, mais proximidade entre os palestrantes e os ouvintes, é de fácil acesso, já que o metrô fica ao lado, e há terminais de ônibus próximos. Mas tem verificar a disponibilidade.
O local vai determinar muito do que vai ser o evento, o público, a quantidade de pessoas, o modo que vai ser feito. Logo, acho que deveríamos priorizar esse ponto. Rodrigo Tetsuo Argenton m 03:03, 20 September 2008 (UTC)


Discussão sobreEdit

Abaixo está uma conversa entre Laura, Raquel Quintino e TSB, no dia 19/09. O conteúdo foi sistematizado na página de conteúdo.

TSB diz

Podemos discutir isso: Raquel, você comentou sobre a possibilidade de organizarmos um "debate não linear, tipo hipertexto", onde alguém começa a falar sobre wiki e, ao longo do raciocínio, menciona outro assunto, como por exemplo licenças livres. Se alguém tiver interesse em fazer um comentário poderá pedir a palavra e intervir. E assim sucessivamente de maneira não linear até o término do Encontro.

Pessoalmente, achei essa sua idéia muito boa, especialmente porque estaria completamente dentro da dinâmica colaborativa das wikis, onde todos podem se manifestar livremente e sem hierarquias com o objetivo de construir colaborativamente conhecimento sobre um determinado assunto.

Assim, poderíamos propor um encontro no domingo, 9 de Novembro, com a presença garantida de alguns convidados, como Jimmy Wales e outros. Este encontro deverá ser gratuito e aberto a todos os interessados em discutir o tema: produção colaborativa de conhecimento livre no Brasil (ou pccl.br).

Consigo imaginar essa dinâmica em um ambiente aberto e horizontal com microfones espalhados aleatoriamente pelo espaço. Poderia ser na USP, como proposto por Gilson, ou em outro local. O que vocês acham?

Inclusive o nome poderia ser: provocação

lauratresca diz : Em conversa com o Rodrigo eu problematizei o seguinte: quem a gente quer que participe deste evento." todos os interessados em discutir o tema produção colaborativa de conhecimento livre no Brasil" não me parece uma definição de público.

TSB diz

Porque queremos exatamente isso: provocar ação

Raquel Quintino diz

Mas não qualquer ação?

TSB diz

Laura, concordo que o usuário (40% dos Internautas na América Latina) deveriam ter uma oportunidade de participação no Encontro. Poderíamos imaginar que um recorte desse público poderia ser os usuários envolvidos (online e offline) na construção colaborativa de conhecimento livre. Assim, aquele cara que uma vez por mês dá uma lida na Wikipédia, mas, por exemplo, no dia-a-dia está envolvido com a criação de um jornal comunitário, deveria se sentir 100% convidado e estimulado a participar

lauratresca diz

mas eu pensei no estudante que nem imagina como é feita a Wikipedia e que nem pretende contribuir

TSB diz

um cara que também nunca usou a Wikipédia?

lauratresca diz

o cara que usa e nem imagina como é feita, precisa usar, né? (risos)

Raquel Quintino diz

acho que temos que ter dois encontros um massivo e outro estratégico

TSB diz

também acho que pode ser esse cara. Ele usa, mas não sabe como é feita. Mas na vida real está envolvido com o tema (mesmo que offline)

lauratresca diz

pois é. estou achando que são duas coisas diferentes, mesmo. a questão é: vale a pena fazer duas coisas?

TSB diz

Ele constrói colaborativamente conhecimento livre

Raquel Quintino diz

eu acho que vale a pena fazer 2 coisas

TSB diz

O cara que nunca nem viu, nem nunca editou, poderá ver o Jimmy no Roda Viva (mass media)

lauratresca diz

acho que é verdade

TSB diz

Mas o cara que curte o tema, mesmo que offline, poderá ter a chance de interagir em um Encontro real

Raquel Quintino diz

é isso

TSB diz

talvez ele nem conheça existência da media-wiki, mas ele já cria de maneira horizontal, descentralizada e com autonomia entre vários pares conhecimento livre

lauratresca diz

então, neste caso, eu não vejo problema em ser na USP, não... quem está a frente de uma organização normalmente tem como chegar na USP - já que quem participa dessas organizações não é o nosso público.

Raquel Quintino diz

temos pouco tempo e devemos focar no que é mais estratégico no médio prazo

TSB diz

estamos falando de comunicodere livres, né Raquel?

Raquel Quintino diz

pois se conseguimos mobilizar lideranças colaborativas para contribuir mais com o ambiente e o contrário também teremos mais impacto

TSB diz

Esses caras, uma vez no mesmo barco, vão contribuir com a evolução da questão no Brasil

Raquel Quintino diz

mas eu acho que não deve ser na USP, deve ser num lugar central

TSB diz

mesmo que seja não linear, temos sempre que manter o tema em: produção colaborativa de conhecimento livre no Brasil. Poderia ser no Parque Ibirapuera, por exemplo.

Raquel Quintino diz

de fácil acesso com essa coisa do acesso livre mais resolvido e o centro cultural é mais o interessante, olido

TSB diz

Como será tipo hipertexto, o Jimmy não ficará por muito tempo com um microfone na mão e poderemos fazer uma tradução na seqüência de cada frase

Raquel Quintino diz

vão do Masp

TSB diz

poderia ser no vão do Masp acho essa a melhor alternativa até agora

lauratresca diz

eu acabei de falar que o vão do Masp é bem legal (risos)

TSB diz

central, livre, simbólico. Mas no domingo não rola a feira?

Raquel Quintino diz

aberto

lauratresca diz

e se chover a galera tem onde se esconder

TSB diz

feira de antiguidades?

Raquel Quintino diz

o problema será a logística de microfones

lauratresca diz

de domingo, né?

TSB diz

É, está na internet

Raquel Quintino diz

e o centro cultural

TSB diz

mas esse é fechado

lauratresca diz

o parque Trianon em frente? O centro cultural tem uma área aberta

TSB diz

não lembro se tem uma praça? No Trianon

lauratresca diz

eu tenho contatos no Memorial da América Latina

TSB diz

mas esse deixa de ser central...

lauratresca diz

deixa

TSB diz

apesar de ser simbólico também

Raquel Quintino diz

e no Ibirapuera eu posso conseguir o terminal Tietê (risos), de verdade.

TSB diz

depois do Masp, essa seria para mim a segunda opção

TSB diz

o parque Ibirapuera

Raquel Quintino diz

o Campus Pari, deve ter toda uma rede

lauratresca diz

eu gosto do Ibirapuera, podemos fazer debaixo da marquise se chover....


lauratresca diz

acho que este encontro está mais claro para mim agora

TSB diz

Eles se ofereceram a criar uma campanha virtual de divulgação desse Encontro. Logo deixei claro que acredito que tenha que ser algo No Logo ninguém deve se promover nesse Encontro, nem a Wikimedia, nem a CDN, nem a Cidade do Conhecimento....

lauratresca diz

entendi agora

TSB diz

E também não deve rolar promoção institucional na divulgação

lauratresca diz

muuuito bacana

TSB diz

Eles vão pensar em um hotsite colaborativo e multimídia

Raquel Quintino diz

eu acho que poderíamos fazer um encontro de redes colaborativas

TSB diz

com a possibilidade dos usuários incluírem em seus espaços virtuais um "link" multimídia para essa página onde qualquer um pode criar conteúdo no tripé: produção de conhecimento, processo colaborativo, conteúdo livre

Raquel Quintino diz

tipo "overmundistas", "revistaviraçãozista", "hip-hopszistas"

TSB diz

essa página poderia se chamar provocação.org.br, sem logo e sem finalidade comercial, a serviço dessa comunidade de interessados em construir colaborativamente conhecimento livre no Brasil

lauratresca diz

a minha pergunta sobre público tinha que ver justamente com isso: estas redes vão ter que se sentir "pessoalmente" convidadas

pWIKInicEdit

Domingo no Parque. Domingo na USP. Ocupação criativa e no maior pique - pic-nic, ou melhor, pWIKInic, uma espécie (logo X no-logo) de "campus party" focado em wikiniciativas.

A USP é "meio" fora de mão e de acesso difícil, mas se o dia estiver bonito (chance alta no início de novembro de sol, com nuvens esparsas e dispersão dos poluentes...)... é um local ideal para reunir um grupo grande, na praça, com telão e internet sem fio...

O campus fica fechado aos domingos, mas podemos encaminhar uma solicitação de ocupação (ou seja, é ocupar criativamente, não invadir) à Prefeitura da Cidade Universitária.

Para a Cidade do Conhecimento, é uma oportunidade de articular o evento a debates, na sexta-feira e no sábado, incluindo lançamento de livros, sobre economia política da informação, comunicação e cultura, pois programamos para o dia 7 de novembro a realização de um evento no campus - será a minha posse como presidente da União Latina de Economia Política da Informação, da Comunicação e da Cultura (ULEPICC). O pWIKInic no domingão seria portanto um momento de ampla participação, mas precedido de seminários e debates em torno de livros tratando de temas correlatos tais como direito à comunicação, mídia e humanismo, políticas de alteridade, democratização dos meios e novos modelos de desenvolvimento local com suporte de mídias digitais.

Com relação aos logos...claro que minha posição é suspeita. Mas permitam-me uma defesa...

"Coisas" como Movimento Nossa São Paulo ou projetos de corte acadêmico obviamente também são e fazem ações de marketing. Daí a colocar no mesmo saco de um XPTO Rock Festival... acho que vai uma longa distância. Afinal, wikimedia ou mesmo wikipedia também são "marcas", ou melhor, ícones. A questão não me parece propriamente a de ter ou não ter logo e sim a de favorece o não o Logos (trocadilhos à parte, movimentos e orgs são mais do que useiros e vezeiros de marcas, logos e ícones).

A questão central é ter ou não fins lucrativos, comerciais, promocionais num espaço de abertura e contraponto de agendas. Precisamos ser capazes de promover a comunicação, sem nos perdermos nos ícones que podem ajudar, podem atrapalhar, depende do contexto, da hora e do lugar.

USP é ícone de conhecimento, mas dificilmente alguém dirá que isso é um engodo, puro marketing. É um espaço público, mas ocioso aos domingos. Portanto, podemos trabalhar "no" e até "dentro" do ícone, a questão é mais a de saber se temos capacidade para produzir colaborativamente conteúdo relevante para nossas comunidades, como participantes e não apenas como promotores.

Adicionalmente, creio que apesar da boniteza e justeza do lugar campus Butantã da USP, poderíamos organizar uma participação distribuída com pontos de encontro em escolas, telecentros, ONGs, empresas, outras praças públicas fora de S. Paulo, para ampliar a participação em tempo real online de mais gente, acompanhando também via IPTV Experimental da USP.

Ação EducativaEdit

Acredito que a Ação Educativa pode ser um local bacana para realização do evento pelos seguintes motivos:

1. Desenvolve ações de produção de conhecimento colaborativos.

2. É uma referência para coletivos ligados a mídia independente, educação pública e popular, movimentos culturais e ONGs.

3. Pode convocar estes coletivos para participar e se envolver com as ações Wiki futuras.

4. Fica numa região central próximo às estações Santa Cecília ou República do metrô.

5. Tem um auditório com capacidade para 100 pessoas, tem disponibilidade de agenda para este dia (por enquanto).

Ps.Eles cobram aluguel do auditório R$ 500,00 no domingo e 350,00 na segunda (acho que é possível negociar ou até não cobrarem caso estejam envolvidos como co-realizadores).

O que acham?

--Raquel Quintino 15:53, 30 September 2008 (UTC)

Centro CulturalEdit

Conseguimos fechar o Centro Cultural para o Evento.

A Sala Adoniran Barbosa.

Será uma Wikinight no dia 10 de novembro.

O Formato do evento será um mesa expandida com pessoas reconhecidas pelo trabalho ligado a produção de conhecimento colaborativo.

O Ronaldo Lemos, Sérgio Amadeu, Gilson Schwartz, confirmaram presença e estão ajudando na preparação do evento.

Ainda faltam muitas coisas para ser definidas, mas com dia e local, tudo vai caminhando.

Agora o desenho de como será esse "mesa expandida" ainda está para ser construído.

Alguém tem idéia de como poderia ser?

Como mobilizar o pessoal para comparecer?

Qual o grande desafio pós evento?

Ufa que legal........ Raquel Quintino 17:58, 7 October 2008 (UTC)

Return to "Wikimedia Brasil/Projetos/WikiBrasil/2008" page.